15 de Maio

As vezes bate um desespero

Tanta gente brigando, meu Deus
Brigam pelo que é dos outros, pelo que acreditam ser seu
E xingamentos, guerras, unguentos
É gente sofrendo demais
Gente sem ternura demais
E perdão, cadê
Colocaram tijolos no lugar de glacê
Brigam nas redes sociais
Desrespeitam credos, ideais, os singulares, os plurais
Blefam, mentem, roubam
E afundamos juntos
Nessa energia escusa que não nos faz pessoas melhores
As pessoas precisam parar, enxergar o amor, o perdão
E descobrirem que, sim, o que vale na vida é o tal coração

Dia bem lindo!

Voltar