16 de Maio

Voos para Natal chegam a ser até 112% + caros

Chega a ser surreal.
E absurdo!

Mas... em audiência pública da Comissão de Viação e Transportes da Câmara ontem, o deputado federal Rafael Motta criticou o preço das passagens aéreas para o Rio Grande, mais cara que trajetos para estados vizinhos como Paraíba, Pernambuco e Ceará.

Mesmo tendo a tarifa aeroportuária mais barata do Brasil (R$ 22), os voos para Natal chegam a ser até 112% (existe?!) mais caros em comparação com tarifas para o  Recife, Fortaleza e João Pessoa, de acordo com dados divulgados pela Fecomércio-RN.

A situação foi agravada com a paralisação das atividades da Avianca, que enfrenta recuperação judicial.

- Já fizemos audiências públicas, a Abear já foi oficializada, o governo do estado concedeu incentivos fiscais e não há uma solução para o preço das passagens aéreas. A sociedade aguarda uma explicação dos motivos para Natal tenha se transformado nessa ilha do ponto de vista de conectividade aérea no Nordeste.

Rafael ainda pediu garantias de que a abertura do espaço aéreo para capital estrangeiro será benéfica para a população.
- Eu só votarei favoravelmente a Medida Provisória 863/2018 com embasamento técnico, com dados concretos que garantam que isso vai gerar a democratização das passagens aéreas para os norte-rio-grandenses.

O representante da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), Airton Pereira, se comprometeu a enviar posteriormente uma resposta ao parlamentar.
Aguardar.

 

 

Voltar