09 de Maio

Qual o problema em elogiar?

Num mundo cada vez mais tenso, mais triste – e racionalmente num caminho errado, muitas vezes... elogiar ganhou outro status.
De bajulação, adulações, de silêncios, até.
Há quem ache “puxa saquismo”, elogiar.
Há quem diga...  – Vou elogiar não. As pessoas podem pensar que...
Uma pena...
Quando, na minha vida, vou pautar meu coração diante do que pensam, uns?
Ou, sabe Deus, o que vão achar...
Sempre acham, os achantes. Acham a esmo a gente estando certo ou não.

Ora eu deixar de elogiar por parecer adulação...
Eu adulo!
Adoro adular, acarinhar, elogiar, amar!


Quando elogiamos, sinceramente, claro, sempre... criamos uma energia diferente a nossa volta... amenizamos dores, dissabores, fazemos bem. Elogiar é caridade também.
E se uma coisa não sinto preguiça é de... elogiar.
As pessoas melhoram, com os elogios. E ganham vigor, olhos saltam, floresce, no elogio, o tal amor.


Quem elogia, preste atenção, é mais feliz!

 

Voltar